dcsimg

Saiba quantos pontos você precisa tirar no ENEM pra fazer Jornalismo


Quem quer passar em Jornalismo usando a nota do Enem precisa se dedicar aos estudos desde já. O curso é bastante procurado e, por causa disso, exige uma nota bem caprichada para garantir vaga – especialmente se o alvo for uma instituição mais famosa, bem conceituada.

Nas universidades públicas, onde a concorrência média é de 22 candidatos por vaga, é preciso chegar aos processos seletivos com um desempenho impecável no Enem.

O mesmo acontece em seleções do Governo Federal que distribuem bolsas de estudos ou financiam cursos superiores a juros baixos.

Descubra a seguir quantos pontos é preciso tirar no Enem para garantir vaga em Jornalismo!

 

Processos seletivos que aceitam a nota do Enem

Antes de partirmos para as pontuações que garantem entrada em Jornalismo, é bom conhecer quais são e como funcionam os processos seletivos que aceitam a nota do Enem.

 

São quatro:

1.     Sisu – É o famoso Sistema de Seleção Unificada, que oferece vagas em universidades públicas de todo o Brasil. No Sisu não existem muitos pré-requisitos: para entrar na disputa basta ter feito o Enem mais recente e obtido nota acima de zero na redação. A seleção acontece duas vezes por ano – a primeira abre inscrições logo após a divulgação dos resultados do Enem, em janeiro, e a outra no meio do ano. Dos quatro, é o mais concorrido.

2.     ProUni – O Programa Universidade para Todos distribui bolsas de estudos em instituições privadas bem avaliadas pelo MEC. O benefício pode ser integral ou parcial (paga metade da mensalidade) e é direcionado exclusivamente a estudantes de baixa renda. Para participar, o requisito número um é ter feito o Enem mais recente e obtido, pelo menos, 450 pontos na média das provas e nota maior que zero na redação. Depois, o candidato ainda precisa se encaixar nos requisitos de renda e escolaridade definidos pelo Ministério da Educação. A concorrência aqui também é bem alta e, assim como o Sisu, também acontece duas vezes ao ano.

3.     FIES – O Fundo de Financiamento Estudantil é um programa de crédito que ajuda o estudante de baixa renda a bancar uma faculdade particular. A dívida só será cobrada depois da formatura, a juros baixos e prazo longo para pagamento. Para concorrer ao benefício é preciso ter feito qualquer Enem a partir de 2010 e apresentar desempenho mínimo de 450 pontos na média das provas e nota cima de zero na redação, além de se encaixar no pré-requisito de renda. Também acontece duas vezes por ano, no começo e no meio do ano.

4.     Ingresso direto – O ingresso direto é um modelo de seleção cada vez mais comum entre faculdades particulares de todo o Brasil. Com ele, basta apresentar o desempenho do Enem e, se corresponder ao mínimo exigido, fazer a matrícula sem precisar encarar um vestibular. É uma facilidade a mais e uma dor de cabeça a menos!

 

Entenda o que é nota de corte

Calma que a gente já chega aos números! Antes de conhecer a pontuação necessária para entrar em Jornalismo, é bom entender direitinho como funciona o sistema de notas de corte dos processos seletivos do Governo Federal.

Nota de corte nada mais é do que a pontuação mínima para entrar em determinado curso – seja Jornalismo ou qualquer outro.

Ela é definida com base no desempenho dos candidatos que disputam a mesma vaga, ou seja, no mesmo curso, na mesma faculdade, turno, unidade, cidade, modalidade de concorrência (cotas ou livre), etc.

A nota de corte pode ser parcial (enquanto as inscrições ainda estiverem abertas) ou final (quando sai a lista de aprovados).

Funciona como uma fila: se existem 20 vagas em determinada modalidade de curso, elas serão ocupadas pelos 20 candidatos com a maior nota até o momento (dentro daquelas especificações de faculdade, turno, unidade, etc.). A nota de corte corresponde à pontuação de quem está em vigésimo lugar nessa fila. Se por acaso outro candidato com nota maior que o último colocado aparecer, ele ganha lugar na fila enquanto o que perdeu a vaga terá que procurar outra opção.

A nota de corte pode ser diferente a cada edição do processo seletivo em questão, por isso nunca dá para dizer com antecedência que é preciso valor X ou Y para passar. Tudo dependerá do desempenho dos próximos competidores. O que dá para fazer é usar as médias das seleções anteriores para estimar uma pontuação.

Entendeu mais ou menos como funciona essa sistemática? Pois vamos agora à pontuação no Enem para entrar em Jornalismo.

 

Pontos do Enem para entrar em Jornalismo pelo Sisu

Para conseguir vaga em Jornalismo em universidade pública será preciso uma pontuação média de 660 pontos – esse foi o valor aproximado das seleções anteriores do Sisu.

Existem os pontos extremos. Algumas instituições chegaram a exigir mais de 800 pontos para entrar, enquanto outras tiveram média de 770 e 750 pontos.

A mínima já registrada para garantir vaga ficou na casa dos 590 pontos.

 

Pontos do Enem para entrar em Jornalismo pelo ProUni

Como falamos acima, o ProUni é quase tão concorrido quanto o Sisu – e isso se reflete na pontuação mínima para conseguir uma vaga por aqui. Em edições recentes, a média para garantir bolsas parciais ou integrais em Jornalismo tem ficado em 620 pontos.

Em instituições mais badaladas, a nota dispara e se aproxima dos 730 pontos. Já nas mais tranquilas, dá para entrar com aproximadamente 500 pontos – só um pouco acima do mínimo exigido. Nesse último caso é preciso pesquisar bastante até encontrar uma vaga menos disputada.

 

Pontos do Enem para entrar em Jornalismo pelo FIES

A nota de corte do FIES costuma ser bem mais baixa que a do Sisu e do ProUni, porém há uma dificuldade aqui: Jornalismo não está entre os cursos prioritários do sistema de financiamento. Nele, a preferência vai para graduações nas áreas da saúde, engenharia, educação e ciências da computação. Existem, sim, vagas em Jornalismo, mas, dependendo da edição do processo seletivo, podem ser bem poucas.

A média para conseguir o FIES para Jornalismo tem ficado em torno de 590 pontos, de acordo com as últimas edições. As mais altas se aproximam de 700, enquanto as mais baixas ficam no mesmo patamar do ProUni: 500, mais ou menos (aqui o mínimo para se inscrever também é de 450 pontos).

 

Pontos do Enem para entrar em Jornalismo por ingresso direto

Os critérios para ingresso direto mudam de faculdade para faculdade. Algumas estabelecem um desempenho mínimo de 30%, enquanto outras atribuem um peso diferente a cada área do conhecimento (Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza ou Ciências Humanas).

Para saber exatamente quais são as condições estabelecidas pela faculdade é preciso consultar o edital do processo seletivo para aquele semestre.

Aproveite e conheça algumas instituições bem avaliadas pelo MEC que oferecem tanto o ingresso direto como bolsas e financiamentos pelo ProUni e FIES:

 

Veja também:

Saiba quantos pontos você precisa tirar no ENEM pra fazer Medicina

 

Está a fim de entrar em Jornalismo? Conte para a gente o que você achou das notas de corte!


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: