dcsimg

Como usar o Enem para obter o certificado do Ensino Médio


Quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) até 2016 teve a chance de usar a nota da prova para conseguir o certificado de conclusão do ensino médio. A possibilidade ficava restrita a quem tinha mais de 18 anos e atingia o desempenho mínimo exigido: pelo menos 450 pontos em cada uma das quatro provas objetivas e 500 pontos na redação.

 

A vantagem era poder demonstrar, em apenas dois dias de prova, que tinha todos os conhecimentos exigidos para esse nível de escolaridade, sem a necessidade de estar matriculado em uma escola regular ou supletivo.

 

A partir de 2017, tudo mudou. O Ministério da Educação (MEC) determinou que o Enem não poderia mais ser usado para esse fim. E agora? Como faz para conseguir o certificado do ensino médio?

 

Conheça melhor as regras e veja as alternativas para quem não frequenta uma escola regular e precisa obter o certificado do ensino médio. Saiba também o que ainda dá para fazer com a nota do Enem!

 

Como conseguir o certificado do ensino médio

Se você está matriculado em uma escola regular do ensino médio, pode pular este tópico. Caso passe em todas as disciplinas, ao final do terceiro ano você conseguirá seu certificado automaticamente, nem precisa se preocupar.

 

Já quem não teve a oportunidade de concluir o ensino médio no tempo previsto – e não está matriculado em uma escola regular – não pode mais usar o Enem para obter o certificado do ensino médio, mas vai poder fazer outro tipo de prova: o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

 

O Encceja, que antes servia apenas para obter o certificado do ensino fundamental (e para o ensino médio somente no caso de brasileiros residentes no exterior), vai passar por uma ampliação para incluir também a certificação do ensino médio para estudantes residentes no Brasil.

 

A regra começou a valer em 2017. Os detalhes de participação, calendário e matérias a serem estudadas você poderá conferir no site oficial do MEC

 

O que ainda dá para fazer com a nota do Enem?

Muita coisa! O Enem continua a ser importantíssimo na vida do estudante brasileiro. Com ele dá para entrar na faculdade, conseguir bolsas de estudos e financiamento a juros baixos, apenas para citarmos as principais possibilidades. Vamos a elas!

 

Enem para entrar em universidade pública

A nota do Enem é critério de classificação para um dos processos seletivos mais importantes do país, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

 

O Sisu oferece vagas em mais de cem universidades públicas de todo o Brasil. São duas edições por ano, no primeiro e no segundo semestre.


As inscrições são gratuitas e para participar basta ter feito o Enem mais recente e não ter zerado na redação. Aqui, quanto mais alta a sua nota no Exame, melhor. A concorrência é super acirrada, principalmente em cursos como Medicina, Direito e Engenharia.

 

Enem para conseguir uma bolsa de estudos do ProUni

O desempenho no Enem mais recente também pode ser usado para conquistar uma bolsa de estudos em faculdade particular bem avaliada pelo MEC.

 

É o Programa Universidade para Todos (ProUni), iniciativa do Governo Federal que distribui bolsas parciais e integrais a estudantes de baixa renda. As inscrições também são gratuitas e acontecem duas vezes ao ano.

 

Veja os requisitos que você precisa cumprir para participar:

  • Não ter diploma de nível superior.
  • Ter conseguido pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação do Enem mais recente.
  • Ter renda familiar bruta mensal de no máximo três salários mínimos por pessoa.

 

Além disso, é necessário se encaixar em pelo menos uma das situações abaixo:

  • Ter feito todo o ensino médio em escola pública.
  • Ter feito todo o ensino médio em escola particular como bolsista integral.
  • Ter feito uma parte do ensino médio em escola pública e a outra parte como bolsista integral em escola particular.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor efetivo da rede pública do ensino básico e solicitar uma bolsa para curso de licenciatura (nesse caso não é preciso comprovar renda).

 

Enem para obter financiamento do FIES

Outro programa de ampliação do acesso ao ensino superior voltado à população que mais precisa de ajuda para cursar uma faculdade é o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).

 

O FIES vem passando por uma série de mudanças nos últimos anos, mas a exigência de ter feito o Enem deve permanecer. Pode concorrer ao FIES quem participou do Exame, alcançou a pontuação mínima exigida e cumpre o requisito de renda familiar.

 

 

Enem para aumentar a nota do vestibular

Você já deve ter ouvido que o Enem é o maior vestibular do Brasil. A afirmação não tem nada de exagero. Além de atrair milhões e milhões de participantes, a nota do Exame serve para entrar no ensino superior.

 

O que nem todo mundo sabe é que dá para fazer o Enem até para complementar a nota do vestibular tradicional. Cada vez mais instituições – principalmente públicas – que ainda selecionam seus alunos por meio desse tipo de concurso estão aceitando a nota do Enem como forma de dar aos candidatos uma chance extra de se destacar.

 

Se você está pensando em fazer o vestibular tradicional, vale super a pena encarar o Enem para turbinar sua pontuação. Aqui, qualquer centésimo pode fazer a maior diferença!

 

As regras de utilização do Enem como complemento do vestibular mudam bastante entre as universidades. Para conhecer exatamente como funciona esse reforço da nota, consulte o edital do vestibular junto à universidade de seu interesse.

 

 

Enem para entrar na faculdade sem fazer vestibular

Por esta você não esperava, não é? Quem passa pelo perrengue dos dois dias de Enem e consegue uma boa pontuação pode até se livrar do vestibular. É que a nota do Exame pode ser usada para entrar direto na faculdade, sem precisar fazer outra prova.

 

Cada instituição define seus próprios critérios de ingresso direto pela nota do Enem. Algumas exigem uma média geral específica, outras atribuem pesos diferentes a cada prova de acordo com o curso, outras ainda pedem apenas nota acima de zero na redação.

 

O ideal, nesse caso, é consultar o edital de ingresso via Enem, divulgado no site da faculdade.

 

Confira algumas instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que aceitam a nota do Enem para o ProUni, FIES e ingresso direto:

 

Veja também:

Saiba qual a nota máxima e mínima que você pode tirar no ENEM

Vai fazer o Enem? Como pretende usar sua nota? Conte para a gente aqui nos comentários!


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: